Mentiras disfarçadas de verdade

O ano de 2017 foi desafiador para todos, ou pelo menos para grande parte de nós. Foi um período para rever a vida, reinventar-se como profissional e até mesmo rever atitudes enquanto ser humano.

instagram.com/maycowmontemor
instagram.com/maycowmontemor

Muitos mudaram a alimentação, o emprego, a maneira de se vestir, a forma como enxergam o mundo ou simplesmente o lugar onde se sentam à mesa do almoço de domingo em família.

Passamos por um período onde buscar a verdade foi fundamental para enxergar o terremoto político e financeiro – não só do nosso país – e não desistir de tudo. Mesmo quem desistiu mudou, de certa maneira, e creio que também na desistência tenha buscado um porquê diferente na vida.

Este ano celebrei o início do 13º ano como Publisher da Studiobox no Brasil e também busquei me reinventar como profissional. Reinventei as estratégias da revista, recriei nosso posicionamento no mercado e, mesmo enquanto as paredes pareciam desmoronar, tive fé em que nossos pilares estavam aptos a nos segurar e passaríamos por tudo firmes e fortes. Nossos pilares são a verdade, a honestidade, o trabalho e a persistência, que nos credibilizam por mais de uma década de existência.

Já cansei de ver mentiras disfarçadas de verdade, mas nenhuma delas se sustentou por muito tempo. Neste ano que passou, tornaram-se insustentáveis e muitas delas vieram abaixo. Nem os sorrisos falsos conseguiram se manter. As pessoas intocáveis foram (ou estão sendo) atacadas pela vida real e todos os castelos construídos sem pilares ou fundações verdadeiras desmoronaram.

No meio de todo esse movimento, só posso agradecer a Deus por ter limpado minha alma e minha vida de muitas dessas pessoas e me tornado dia após dia alguém diferente e não mais refém dessa vida repleta de mentiras.

Que nosso 2018 seja desafiador, iluminado e repleto de verdades nuas e cruas.

Beijos e boa leitura,

Maycow Montemor
Publisher