Nutrição: comemore sem exageros

karina52

Olá, meus amores! É um prazer estar de volta. As estripulias do carnaval acabaram, mas a Páscoa está aí e é sinônimo de chocolate. Tem aquela suculenta bacalhoada, regada no azeite, que, apesar das funções terapêuticas no controle do colesterol, esconde nove calorias por grama.

Mas isso não é motivo para deixar de passar momentos agradáveis, à mesa com os familiares. Existem maneiras de comemorar sem culpa, evitando excessos e fazendo escolhas certas, comendo apenas o suficiente para a nossa necessidade. É importante associar ao cardápio o uso das fibras, que atuam no bom funcionamento intestinal.

Outra forma de colaborar com o metabolismo é consumir alimentos que ajudam na digestão da gordura ingerida: os chás (erva doce, boldo, erva cidreira, hortelã, alecrim e verde) e algumas frutas, como abacaxi e limão.

Fique atento: cacau e chocolate não são a mesma coisa. O cacau é apenas a matéria prima do chocolate. Por isso, opte por chocolates com maior teor de cacau, pois estudos indicam que ele melhora o funcionamento cardiovascular. Seus flavonóides estão associados à elevação de óxido nítrico circulante, controlando a pressão arterial e diminuindo o risco de falhas cardíacas. Outros estudos mostram a capacidade do cacau em diminuir o mau colesterol oxidavél (LDL-ox) e aumentar o bom colesterol (HDL).

Ele também atua no cérebro, melhorando o fluxo sanguíneo. Seu consumo pode auxiliar tratamentos de isquemias cerebrais, incluindo demências e doenças neurodegenerativas que aparecem com a idade. No diabetes, os flavonóides do cacau combatem os efeitos prejudiciais derivados da oxidação de determinados tipos de gorduras e marcadores inflamatórios.

Em pesquisas recentes observou-se a interação do cacau com a microbiota, demostrando que o consumo aumenta a proliferação de bactérias benéficas, como os lactobacillus e bifidobacterium.

Quando se trata de chocolate branco, a maioria dos produtos disponíveis no mercado é mais calórico e gorduroso, feito apenas com manteiga de cacau e não com as sementes do fruto. Além disso, ele é rico em gordura hidrogenada, que faz mal à saúde.

Lembre-se: para ser gostoso não precisa ser prejudicial! Mantenha o controle, não coma todo o chocolate em um só dia, aproveite um pouquinho por vez. Experimente porcionar o ovo que ganhou em pequenos pedaços e comer ao longo da semana como sobremesa. Tudo que é bom deve ser aproveitado pelo maior tempo possível!

karina