[Nutrição] Proteína é a base de tudo

Uma alimentação equilibrada e um corpo saudável dependem de muitos nutrientes, mas um especificamente não pode ficar de fora: as proteínas. Elas participam das estruturas do corpo e contribuem com a formação de músculos e muitas funções do sistema nervoso e de defesa.

As proteínas são divididas em dois grupos: de origem animal (carnes, aves, leites e derivados) e de origem vegetal (leguminosas e cereais), e são compostas por diversos aminoácidos, que atuam de diferentes maneiras no organismo. Uma vez que o corpo humano não tem a capacidade de produzir 20 desses aminoácidos essenciais, e o único meio de obtê-los é por meio da alimentação.

Malu

As proteínas animais estão concentradas principalmente nas carnes, sendo que as proteínas do frango têm um valor biológico mais alto. Por isso, quem quer ganhar massa muscular incorpora essa carne na dieta. A proteína do soro do leite – usada na produção de suplementos como o Whey Protein – também tem um valor biológico muito alto.

Já nos vegetais, elas são encontradas principalmente na soja, que é a única proteína de origem vegetal de alto valor biológico. Ela contém todos os aminoácidos essenciais em quantidades suficientes, com bom aproveitamento pelo corpo e alta digestibilidade.

As funções das proteínas vão além de fazer ganhar massa muscular, como a maioria das pessoas julga. Algumas das mais importantes são: reconstruir tecidos lesionados, regenerar musculatura, realizar transporte de substâncias no organismo, fonte de energia, regular hormônios e compor o citoesqueleto das células, além do importante papel no sistema imunológico.

A insulina, por exemplo, é um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue, e além de ela mesma ser uma proteína, a quantidade de insulina produzida também é controlada por proteínas. Resumindo, quase tudo em nosso corpo é controlado por elas, desde a contração muscular, que só acontece por causa das proteínas actina e miosina.

Mesmo que as funções das proteínas sejam as mais variadas e importantes, evite fazer dietas da moda, principalmente aquelas que são à base de proteínas.

Quando elas são quebradas (já que não há carboidratos e gorduras suficientes nessas dietas), liberam amônia no organismo, que em alta concentração é tóxica para o corpo e acaba comprometendo diversos órgãos, principalmente os rins.

O segredo é não exagerar. Alimente-se de modo equilibrado e pratique exercícios físicos. Assim, dificilmente você terá algum problema no futuro!

marialuiza