Vinho e chocolate: é só prazer

Claudia52_3

Comprovadamente, o chocolate é um poderoso antioxidante, que é capaz de proteger as nossas células sadias dos radicais livres. E quanto maior o percentual de cacau maior será esse efeito benéfico para o organismo.

Sua absorção causa efeitos positivos na saúde cardiovascular, na circulação do sangue no cérebro, e ainda pode diminuir o colesterol ruim e regular a pressão arterial. O cacau também auxilia como antidepressivo, liberando serotonina e resultando em maior bem-estar.

Para nós, apreciadores dos vinhos, nada mais prazeroso do que conciliar os dois. Aliás, consumido moderadamente, o vinho também é benéfico à nossa saúde.
Atualmente, combinar chocolate com vinho parece bem complicado diante de tantas variedades.

Amargo e puro 100% cacau, amargos a 60 ou 70%, meio amargos a 40%, ao leite, com amêndoas, macadâmias, avelãs, frutas secas, frutas nativas brasileiras, frutas vermelhas, com recheios de cremes e licores e muito mais. Isso sem contar as inúmeras sobremesas, que são infinitas!

O chocolate tem um sabor intenso, textura macia e aveludada, e vai do doce ao amargo. E, claro, o vinho selecionado deve combinar com esses sabores. Nessa hora dessa escolha, eu enfatizo sempre: o gosto pessoal deve ser considerado.

Os fortificados doces, tecnicamente, são os mais recomendados para casar com chocolate, por seu alto teor de açúcar e álcool.

Para os mais detalhistas proponho:
– Porto Rosé, Porto Ruby ou Porto Tawny, com o chocolate ao leite;

– Porto Branco, Sauternes, Tokay, Moscatel de Setúbal, Vin Santo, Jerez Pedro Ximenez, Madeira ou Espumantes doces com chocolate branco;

– Porto Vintage, LBV, Tawny 10, 20, 30 anos, Banyuls (fortificados intensos, estruturados e longevos) ou tintos secos encorpados (vinhos com acidez e taninos firmes, persistentes e algum residual de açúcar) com chocolate meio amargo e alto percentual de cacau em sua composição.

Os fortificados e doces devem ser servidos entre 6 e 12°C, já os vinhos tintos secos encorpados ficam melhores entre 14 a 20°C.

Aproveite as dicas, mas não exagere na dose: 50 ml é o ideal. Até a próxima taça!

claudia