Virei blogueiro para mudar de vida?

Apesar do título, não é nada disso… Mas como alguém que se propõe a entrar, de fato, para a vida on-line, preciso começar com um título polêmico e chamativo. Não é isso, produção?

WhatsApp Image 2017-05-30 at 18.17.53

Não escolhi trabalhar com mídia, a vida me levou por esse caminho. O que sempre busquei foi um trabalho que me realizasse, e isso eu consegui como comunicador. Já tive programa de rádio, apresentei programas de TV sobre os mais diversos assuntos, sou editor-chefe (ou publisher, como gostam de chamar atualmente) de uma revista há mais de uma década (parem de querer saber minha idade), e é no site dela que este blog está hospedado. Eu também organizo encontros empresariais e eventos, gero assunto pras rodinhas de fofoca, tudo que eu comento vira polêmica (sim, tô bem modesto) e acabo trabalhando com consultoria de mercado – não tá fácil pagar a nossa cesta básica vegetariana & orgânica de cada semana, minha gente! Logo, fica claro o quanto eu gosto de falar, né?

Tenho uma trajetória dentro dessa busca pela vida saudável bem legal (pelo menos é o que dizem) e o número de pessoas que chegam até mim para falar sobre isso é bem grande, até mesmo de tempos em tempos surge alguma entrevista (tipo essa pro site da Gabriela Pugliesi), matéria (tipo essa do Globo Esporte), depoimento (tipo esse pro G1) ou alguma participação em programas de TV (tipo esse pro programa do Gugu na Record) que traz minha história a tona.

Maycow Montemor

Pelo que sempre me falam, a maneira com que eu trato o emagrecimento, a busca pela vida mais saudável (mesmo que com belíssimas derrapadas) e o bom humor que eu procuro ter para falar das aflições do dia a dia (tipo essa entrevista pro meu best Luh Sicchierolli) de um ex-superobesogordopracaramba trazem as pessoas mais para perto, e eu percebo muitas vezes que falo e brinco com algo que incomoda a pessoa, mas que ela percebe naquele momento o quão boba essa aflição é.

Não sou e nem tenho a pretensão de ser um Mahamudra (mas aplaudo de pé cada gomo dos abdomens que vejo no Instagram), estou longe de querer ser exemplo de vida perfeita (falo palavrão, sou doido por drinks, alucinado por doces) e tampouco quero ser espelho pra alguém. Me proponho apenas a compartilhar minha vida, meus pensamentos (que todos tem o direito de não gostar, mas vivemos num mundo livre – ou mais ou menos livre… Acho que pelo menos a internet é livre, whatever :))

Criei um canal no YouTube com alguns registros em vídeo (porque, afinal, eu tenho um ascendente em leão que ama aparecer), tenho um Instagram cheio de selfies (porque disseram que dá engajamento, rs) – com um InstaStories creio que bem divertido (quando eu acordo palhaço, se não nem gravo) e um Facebook geralmente polêmico, cheio de enquetes e opiniões e compartilhamentos inúteis só pra causar mesmo, rs.

Enfim, aqui nesse blog é o meu espaço, meu lugar de escrever (que é uma coisa que eu amo, mas faço pouco dado meu signo de Touro que me faz ser bem preguiçoso) #adorosignos #meaceitem #meamem. Aqui é onde eu vou compartilhar com vocês tudo aquilo que eu acho que devo, tudo aquilo que eu acho que merece e tudo aquilo que eu bem entender. Então fiquem à vontade para comentar, curtir, compartilhar, interagir, debater e juntos poderemos criar uma sociedade que reflete mais. Sei lá, quem sabe, né? Já deixo claro que ofensas, xingamentos ou qualquer coisa do gênero será automaticamente ignorado com sucesso e meu “minion” vai tratar de deletar seu comentário e enviar seu IP para a caixa das pessoas babacas.

Qual tema será abordado no meu blog? Ah, meu amor, vai ser o tema que eu quiser, dependendo do dia, porque eu sou, além de meio bipolar, eclético, gosto de tudo e mais um pouco, vivo a vida a milhão por hora e tenho opinião formada pra tudo (mas ela pode mudar sem problemas, de acordo com argumentos bem fundamentados de pessoas que eu julgar relevantes). Poderia falar que é “lifestyle”, mas, sinceramente, minha vida nem é tipo Kim Kardashian, então vou poupar vocês dessa palavra, tá?

WhatsApp Image 2017-05-27 at 21.11.30

Aceito sugestões de temas tanto para resenha e posts de opinião aqui no blog quanto de conteúdo que vocês gostariam de ver no meu canal no YouTube. Ah, aceito nudes também, rs. Brincadeira!

PS. 1: Eu amo parênteses, reticências e hífens – como vocês devem ter percebido – e é assim que vai ser, espero que gostem.

PS. 2: Continuo sendo um comunicador, o blog é apenas mais uma ferramenta, talvez um pouco mais informal (depois do meu canal no YouTube, é claro) para tratar de assuntos cotidianos que podem – ou não – afetar a minha, a sua ou a nossa vida.

Beijo e até já.